Os Reis Católicos da Espanha

Os Reis Católicos da Espanha

A história medieval da Espanha é tomada por reinos, reis, rainhas, conquistas e culturas distintas controlando partes do território espanhol atual. Por muito tempo, até o fim do século XV ao menos, a Espanha vivia este ritmo de conflitos e distintas coroas.

Mas ao fim do século XV, unificando os reinos de Aragão e Castela, casam-se Fernando II de Aragón e Isabel I de Castilla. Ambos subiram aos seus tronos após a Guerra de Sucessão Castelhanha, entre 1475 e 1479, contra os partidários da princesa Juana, filha de  Henrique IV de Castilla. Enquanto Fernando herda o trono de Aragão após a morte de seu pai, Juan II de Aragón.

Em 1504, Isabel I veio a falecer e Fernando II fica somente como rei de Aragão, sendo a nova rainha de Castela sua filha, Juana e seu marido Felipe de Habsburgo. No jogo de poderes, Fernando não renunciou controlar também o Reino de Castela e, após a morte de Felipe e Juana ser declarada incapaz, foi nomeado regente do reino até sua morte em 1516.

Estes eventos marcaram a passagem da Espanha da Idade Média para a Idade Moderna, pois estes eventos iniciais marcaram a história espanhola como determinantes para a unificação dos reinos e territórios que compõem o que conhecemos hoje como Espanha.

Entre os feitos desta era na história espanhola está a reconquista do território ao sul que estavam ocupados pelos muçulmanos. Este era um conflito de muitos séculos, pois a dominação territorial alternava de mãos, até que em 1492 Granada foi retomada.

Além disto, as Ilhas Canárias foram conquistadas em 1496. O Reino de Navarra, que era aliado da França, negou-se a abrir espaço para que as tropas de Fernando avançassem por seu território para lançarem ataque a França. Isto foi motivo o suficiente para que se ordenasse ocupação de Navarra e em menos de um ano, o território já havia sido anexado à Coroa de Aragão.

Ocorreram ainda outras expansões ou tentativas de fazê-la. Como sobre o Mediterrâneo, tentando avançar sobre a Itália; sobre o Norte da África para impedir novos avanços dos muçulmanos e piratas ainda sob o argumento da Reconquista.

Os Reis Católicos da EspanhaE a mais importante das investidas da época, fato que alterou o rumo da história de todo o mundo, foi o avanço da Espanha através do Oceano Atlântico, com a invasão e colonização de territórios das Américas iniciado em 1486 com Cristóvão Colombo.

 


posts Relacionados

As mãos de Mario Irarrázabal

Pelo mundo este chileno de Santiago espalhou suas mãos em esculturas fantásticas que...

Las Casas Colgadas de Cuenca

A mais de 900m do nível do mar está Cuenca, em Castilla-La Mancha,...