Como obter cidadania espanhola: tramites e documentos

Como obter cidadania espanhola: tramites e documentos

Muitos brasileiros têm o sonho de morar na Espanha por conta de sua cultura, oportunidades de trabalho ou até mesmo por estar na União Europeia. Obter a cidadania espanhola é o passo para transformar este sonho em realidade e vamos agora falar como você pode morar permanentemente por lá.

 

Você é filho ou neto de espanhóis?

Existe uma diferença para você obter sua cidadania espanhola por descendência se você é filho ou neto de espanhóis. Para quem for filho ou filha de espanhóis, o processo é bem simples, basta solicitar a “nacionalidade originária” com qualquer idade.

Já para netos ou netas de espanhóis, que são os casos mais comuns por conta da imigração de espanhóis para o Brasil nos séculos XIX e XX, o processo é mais burocrático, mas nada exagerado.

Para netos(as) menores de idade, basta solicitar a dupla nacionalidade reunindo uma sério de documentos que comprovem a ascendência espanhola dos avós (lista de documentos abaixo).

Para quem for maior de idade, é necessário morar legalmente na Espanha por ao menos um ano antes de dar entrada com o pedido de representação espanhola no Brasil.

 

Documentos necessários para a cidadania espanhola

Sendo filho ou neto de espanhóis, estes são os documentos que você precisará reunir antes de dar entrada no pedido de cidadania:

  • Formulário de solicitação;
  • Documento de identificação;
  • Certidão de nascimento do requerente com 6 meses de validade e legalizada;
  • Certidão negativa de antecedentes criminais não superior a 3 meses da data do pedido, legalizada;
  • Certidão de casamento do familiar espanhol;
  • Certidão de óbito do familiar espanhol (se aplicável);
  • Passaporte espanhol do familiar.

 

Reunindo estes documentos, é necessário comparecer ao consulado espanhol mais próximo ou solicitar o agendamento online.

 

É necessário realizar tradução juramentada para o espanhol

Este é o ponto crucial do sucesso do seu pedido de cidadania. Todos os documentos que porventura forem emitidos em português (qualquer idioma que não seja o espanhol), será necessária tradução para o espanhol e isto só é possível se traduzido por um tradutor juramentado, com fé pública, para que os documentos tenha veracidade assegurada.


posts Relacionados

Vocabulário de Internet e informática em espanhol

Você viaja para a Espanha como um aventureiro linguístico-digital e se depara com...

Os 25 mil tambores de Hellín

Em Hellín, município de Castilla-La Mancha, durante a Semana Santa, acontece algo ensurdecedor...