Lendas da Espanha: Extremadura

Lendas da Espanha: Extremadura

Continuando com nossa série, trazemos a vocês mais uma de nossas lendas espanholas preferidas, onde dois apaixonados sofrem com o triste destino que os aguarda e acabam literalmente morrendo de amor um pelo outro.

A tragédia da Bela Marmionda (La tragedia de la Bella Marmionda)

Lendas da Espanha: ExtremaduraEsta lenda já circulava muito antes de surgirem as histórias de amor como Romeu e Julieta, ela se passa no séc. XI depois da morte de Almanzor quando a Fortaleza de Córdoba termina e surgem os reinados Taifas.

As pessoas diziam que havia um alcaide famoso por ali, não só por ser um bom guerreiro, mas também por sua linda filha Marmionda, que devido a sua beleza e bondade era muito cortejada pelo reino.

Houve um dia em que muitos soldados cristãos da Corte de Leão se perderam e, sem imaginar, acabaram se aproximando das terras muçulmanas onde o exército serraceno que obedecia as ordens do alcaide os surpreendeu, levando todos para uma fortaleza como reféns.

O alcaide tomou conhecimento de cada refém que lá estava presente, e descobriu que entre eles havia um cavaleiro importante da corte leonesa. Teve então a ideia de pedir um resgate em troca do cavaleiro para obter benefícios.

Enquanto o plano do resgate tomava forma, o cavaleiro encontrou a filha do alcaide e se apaixonou por ela, porém, ela tinha dúvidas sobre o amor do cavaleiro ser sincero e só depois de um bom tempo passou a acreditar nele.

Apaixonados um pelo outro, começaram a se encontrar secretamente fortalecendo seu amor. O resgate chegou e o cavaleiro foi forçado a escolher entre sua pátria e sua amada, então depois de muito pensar decidiu que o certo seria voltar ao seu local de origem.

Antes de partir o cavaleiro jurou amor eterno a jovem Marmionda, convencido de que teriam um destino juntos. Passaram anos, Marmionda sentia a angústia de não ter seu amado por perto e por não saber quando seria seu regresso passava a maior parte do dia chorando.

Seu pai não entendia por que de tanto choro, afinal não sabia de sua história amorosa. Pensou então que se arranjasse um marido para ela tudo iria melhorar e acabou fazendo isso. Ela aceitou se casar, mas seu humor não melhorou.

Antes que o casamento acontecesse Marmionda enviou um emissário em que confiava para o reino de Leão, com o intuito de informar ao cavaleiro tudo o que estava acontecendo. No dia do casamento alcaide pediu que vigiassem os vários cavaleiros cristãos e Marmionda ao ouvir isso correu até a beirada da fortaleza.

Antes de começarem o ataque, os muçulmanos informaram ao alcaide sobre as intenções amorosas que estavam envolvidas. O alcaide se sentiu ofendido e acabou por ignorar as preces de sua filha, fazendo com que suas tropas atacassem os cristãos. A bela moça com o rosto encharcado de lágrimas correu para se esconder dentro da fortaleza e achou um lugar onde podia observar tudo o que acontecia.

Seus olhos não desviavam do seu amado cavaleiro que acabou por cair do cavalo e ficar estendido no chão. Não aguentou a cena e foi consumida pela dor em seu coração por pensar que ele estava morto, se jogando pela janela com tanta força que quando caiu ao lado do cavaleiro seu corpo já estava sem vida. O desespero foi tanto que nem se deu por conta de que o homem só estava inconsciente e ao despertar, viu sua amada morta ao seu lado e sem pensar duas vezes subiu as rochas que compunham a fortaleza para se jogar de lá também, afinal assim como Marmionda, ele também já não via mais sentido na vida.

Assim seus corpos um ao lado do outro misturaram seus sangues, e ainda hoje em Portezuelo há quem diga que as manchas escuras nas pedras próximas ao castelo pertencem aos cadáveres do casal.


posts Relacionados

Os Reis Católicos da Espanha
Os Reis Católicos da Espanha

A história medieval da Espanha é tomada por reinos, reis, rainhas, conquistas e...

Pontos Turísticos da Espanha: Barcelona

Barcelona é uma das principais cidades espanholas, destino merecido da visita de multidões...